Dicas · Leitura · Resenha

Resenha: A Lista Negra

Primeira resenha que faço por aqui, e resolvi começar com um livro que 90% das pessoas amaram. Sim, teve gente que achou mais do mesmo…por causada do assunto abordado. Mas, eu faço parte da maioria. Amei o livro!!

A Lista Negra Jennifer Brown

Título: A Lista Negra

Autor: Jennifer Brown

Ano: 2012

Páginas: 272

Gênero: Literatura Estrangeira / Romance / Drama

Editora: Gutenberg

Sinopse: E se você desejasse a morte de uma pessoa e isso acontecesse? E se o assassino fosse alguém que você ama? O namorado de Valerie Leftman, Nick Levil, abriu fogo contra vários alunos na cantina da escola em que estudavam. Atingida ao tentar detê-lo, Valerie também acaba salvando a vida de uma colega que a maltratava, mas é responsabilizada pela tragédia por causa da lista que ajudou a criar. A lista com o nome dos estudantes que praticavam bullying contra os dois. A lista que ele usou para escolher seus alvos. Agora, ainda se recuperando do ferimento e do trauma, Val é forçada a enfrentar uma dura realidade ao voltar para a escola para terminar o Ensino Médio. Assombrada pela lembrança do namorado, que ainda ama, passando por problemas de relacionamento com a família, com os ex-amigos e a garota a quem salvou, Val deve enfrentar seus fantasmas e encontrar seu papel nessa história em que todos são, ao mesmo tempo, responsáveis e vítimas. A lista negra, de Jennifer Brown, é um romance instigante, que toca o leitor; leitura obrigatória, profunda e comovente. Um livro sobre bullying praticado dentro das escolas que provoca reflexões sobre as atitudes, responsabilidades e, principalmente, sobre o comportamento humano. Enfim, uma bela história sobre auto-conhecimento e o perdão.

Vou falar: 

Ok, por onde começar? O livro aborda um assunto muito abordado nos últimos anos, o Bullying. Mesmo com as estatísticas, demonstrações de violência contra outros ou contra a si mesmo, tem pessoas que acham que isso não é nada, é frescura adolescente. Criança e adolescente pode ser muito mais cruel do que um assassino. Algumas são quase formadas em Assédio Moral. Não vou ser categórica em falar de onde vem tudo isso…ao meu ver, crianças são papagaios, copiam o que os que estão próximo fazem…sim, pode vir de casa.

Valerie ou Val, é mais uma adolescente que se vê no meio disso, pelo seu modo de vestir, ganha apelidos, sofre bullying, não só ela, seus amigos também e usa o que tem para desabafar, um caderninho, onde ela começa a Lista Negra.

A Lista Negra começou como qualquer coisa, aquelas anotações que fazemos no dia a dia, de coisas que não gostamos, que odiamos, que não queremos…

No decorrer das linhas, seu namorado, um amigo estranho e quem sabe o mal do século, a depressão, tudo se mistura sem que ela perceba e a Lista Negra sai do papel nas mãos no Nick.

No fim, o livro nos leva a pensar, pensar em atos que fazemos sem perceber, ou por querer. Em coisas que fizemos ou que fizeram com a gente. A história mostra o extremo que pode ocorrer, que vemos muito nos jornais e na televisão, mas também mostra como inimigos podem se tornar amigos, como uma amizade termina, como uma começa. Como se conhecer pode ajudar e como o perdão é a chave para o caminho que ainda se tem pela frente.

Eu mais do que recomendo esse livro. Deve ser leitura obrigatória, não importa a idade.

assinatura

Anúncios

Deixe seu comentário, dúvida, sugestão, elogio, crítica,... :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s